"A música é uma arte presente em todas as culturas e no quotidiano dos seres humanos. É uma linguagem universal que assume uma muito singular forma de criatividade. A música é uma prática social comunicativa e expressiva. A partir do ouvir e através da produção sonora em conjunto do cantar, do tocar, do compor, do olhar, do escutar, as crianças e jovens dialogam e constroem significados, partilhando-os e transformando-os, enriquecendo assim as suas práticas e horizontes culturais em consonância com as diferentes Áreas de Competências do Perfil dos Alunos" (AE Música).

A Música das Palavras

Interdisciplinaridade em Português e Música

A Música das Palavras: Interdisciplinaridade em Português e Música

ESGOTADO

Curso de formação presencial e à distância com o registo de acreditação CCPFC/ACC -120871/23

25h (15 horas presenciais; 3 síncronas: 7 horas assíncronas

Formadoras:

Manuela Encarnação e Filomena Viegas

Destinatários:

Professores dos Grupos 100, 200, 210, 220, 250, 910 (Nº1 do Art.8º e Art.9º do RJFCP)

Datas das sessões presenciais:

9,16, 23, 30 de setembro e 7 de outubro (17h30-20h30). As sessões síncronas serão agendadas posteriormente.

Valor da Inscrição:

Sócios da APEM - 50 €

Não Sócios2 - 100€

1Os sócios com as quotas em dia, para beneficiarem do desconto de sócio, devem fazer o login no site da APEM.
2Torne-se sócio e obtenha um desconto de 50% ao inscrever-se nesta formação. Clique aqui para saber mais.
Número máximo de participantes: 20
Local:

Biblioteca de Alcântara, R. José Dias Coelho 27 - 29, 1300-327 Lisboa l - Localização google maps: https://maps.app.goo.gl/ZZ3fzYJj115CPRfv7


Sinopse:

O reconhecimento da música como linguagem e da língua como fator de realização e comunicação torna transversais os processos de aprendizagem de uma e de outra.

Os estudos em neurociência têm vindo a consolidar e a tornar mais evidente a forma como se aprende uma língua e as semelhanças com a aprendizagem musical, para além dos aspetos de facilitação e vantagens de quem aprende música na fluência e compreensão da língua.

Tornou-se evidente a necessidade de juntar as duas áreas num projeto de formação interdisciplinar, explorando estratégias, conteúdos e contextos da música e da língua propiciadores da construção do significado das palavras, dos textos e dos sons da música das palavras.

"Assumir o português como objeto de estudo implica entender a língua como fator de realização, de comunicação, de fruição estética, de educação literária, de resolução de problemas e de pensamento crítico" (AE Port. 1.º CEB).

"A música é uma arte presente em todas as culturas e no quotidiano dos seres humanos. É uma linguagem universal que assume uma muito singular forma de criatividade. A música é uma prática social comunicativa e expressiva. A partir do ouvir e através da produção sonora em conjunto do cantar, do tocar, do compor, do olhar, do escutar, as crianças e jovens dialogam e constroem significados, partilhando-os e transformando-os, enriquecendo assim as suas práticas e horizontes culturais em consonância com as diferentes Áreas de Competências do Perfil dos Alunos" (AE Música).


Objetivos:

  • Compreender o significado da aprendizagem, tanto mais significativa e efetiva quanto maior for o número de conexões nela estabelecidas.
  • Criar situações de aprendizagem modeladoras de comportamentos adaptativos a novas situações.
  • Fomentar a mudança do paradigma educativo de "ensinar conteúdos" para "criar contextos para as aprendizagens".
  • Encontrar pontos de interseção nos processos de aprendizagem do Português e da Música .
  • Descobrir a música das palavras para ouvir, cantar, falar, tocar, ler, compor e escrever.
  • Criar situações de imersão em experiências musicais, linguísticas e tecnológicas diversificadas.
  • Recorrer a aplicações digitais na operacionalização das aprendizagens interdisciplinares do Português e da Música.
  • Diversificar estratégias para gerar ideias para textos rimados e não rimados, histórias, músicas, projetos.

  • Conteúdos da ação:

    1. Processos de ensino e aprendizagem: do ensino de conteúdos para a criação de contextos de aprendizagem
    2. Estratégias para gerar e questionar as ideias:
    • porque não?
    • encontrar uma pulsação na prosódia: textos rimados e não rimados (lengalengas, charadas, jogos, trava-línguas, provérbios e rimas infantis, …);
    • descobrir nos sons e na música geradores de sensações, sentimentos, ideias e textos;
    • sonorizar textos/ histórias;
    • analisar o ritmo das palavras;
    • criar melodias para palavras e frases/versos;
    • compor textos orais e escritos;
    • dizer um texto/poema e tocar sílabas tónicas;
    • decompor frases/versos em padrões silábicos e sílabas métricas;
    • substituir palavras numa canção;
    • criar letras para canções;
    • recorrer a aplicações digitais para fazer música e/ou musicar frases/versos, textos e histórias.

    Metodologias de realização da Ação

    A presente ação é realizada em regime de ensino e aprendizagem b-learning.

    Será criada uma disciplina no Moodle com todos os materiais que vierem a ser produzidos, para contextualização da ação e leitura e criação de situações de aprendizagem interdisciplinar.

    Prevê-se um momento de caráter teórico, para contextualização do percurso a desenvolver, com referência ao Perfil dos Alunos, às AE de Português e Música e à mais-valia do recurso às TIC.

    As sessões serão essencialmente práticas, com momentos de reflexão sobre as mesmas.

    As atividades desenvolvidas na transversalidade entre o Português e a Música recorrem a diversas aplicações digitais.


    Regime de avaliação

    • Participação e envolvimento nas tarefas propostas.
    • Elaboração de reflexão crítica individual sobre as atividades desenvolvidas.

    Na avaliação dos/as formandos/as dá-se cumprimento às determinações legais, nomeadamente os n.ºs 1 a 4 e 7 a 9 do artigo 4.º do Despacho n.º 4595/2015 do Secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar, publicado no Diário da República, 2.ª Série, N.º 87, de 6 de maio, e ao Regulamento para acreditação e creditação de ações de formação contínua, de 9 de maio de 2016, do CCPFC.

    A avaliação é formalizada numa escala de 1 a 10 com a menção qualitativa de:

    • 1 a 4,9 valores – Insuficiente
    • 5 a 6,4 valores – Regular
    • 6,5 a 7,9 valores – Bom
    • 8 a 8,9 valores – Muito Bom
    • 9 a 10 valores – Excelente

    Bibliografia:

    Aprendizagens Essenciais em Português e Música 1.ºCEB e 2.ºCEB - https://www.dge.mec.pt/aprendizagens-essenciais-ensino-basico

    Costa, M. J. (1992). Um Continente Poético Esquecido. As rimas infantis. Porto: Porto Editora

    Freitas, M. J & Santos, A. L (2001). Contar (histórias) de sílabas. Lisboa: Colibri | APP

    Plataforma Digital de recursos artísticos e pedagógicos: www.cantarmais.pt

    Mills, J.(2005) Music in the Schools. Oxford University Press

    Manuela Encarnação

    Manuela Encarnação

    Mestre em Ciências da Educação especialização em orientação da aprendizagem pelo Instituto de Educação da Universidade Católica, tem o Curso de Formação Avançada do Doutoramento em Educação, na área de especialização em Formação de Professores do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, o CESE em Supervisão Pedagógica e Gestão da Formação pela Escola Superior de Educação de Lisboa e o Curso Geral de Canto e Composição da Escola de Música do Conservatório Nacional.

    Professora de Educação Musical do Agrupamento Almeida Garrett onde exerceu diversos cargos de gestão pedagógica de 1990 a 2006. Formadora credenciada pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua nas áreas e domínios de Educação Musical/ Música, Concepção e Organização de Projetos Educativos e Didáticas Específicas (Educação Musical/ Música).

    Orientadora pedagógica e professora tutora nos cursos de formação inicial variante de Educação Musical, a convite da Escola Superior de Educação de Lisboa entre 1991 e 2003. Tem diversas publicações em coautoria de livros escolares e de canções infantis.

    É membro da Direção da APEM desde 2005 e Diretora do Centro de Formação da APEM desde 2009. Presidente da Direção da APEM desde 2016.

    Membro do Conselho Científico do IAVE desde 2014. Em representação deste órgão, foi Conselheira do Conselho Nacional de Educação entre 2015 e 2021.

    Filomena Viegas

    Filomena Viegas

    Filomena Viegas é diretora executiva da revista Palavras, da Associação de Professores de Português (APP) e presidente da Mesa da Assembleia Geral; foi presidente da Direção até 2021 e diretora do Centro de formação até 2018.

    Tem certificação do CCPFC como formadora nas áreas e domínios A46 Português/Língua Portuguesa, C05 Didáticas Específicas, C15 Tecnologias Educativas.

    É autora e coautora de publicações na área do ensino do Português e das Tecnologias digitais. Tem mestrado (1996, FLUL) em Linguística Portuguesa Descritiva  e doutoramento (2014, FLUP) em Didática de Línguas.

    Para se inscrever, clique no link em baixo e preencha o formulário:
    Olá, torne-se sócio APEM aqui para poder beneficiar de um desconto de 50% nesta formação. Caso seja sócio APEM, faça login para ter acesso ao desconto.

    Informações:
    apem associação portuguesa de educação musical

    Praça António Baião 5B Loja
    1500 – 712 Benfica - Lisboa

      21 778 06 29

      932 142 122

     Envie-nos um email


    A APEM

    A Associação Portuguesa de Educação Musical, APEM, é uma associação de caráter cultural e profissional, sem fins lucrativos e com estatuto de utilidade pública, que tem por objetivo o desenvolvimento e aperfeiçoamento da educação musical, quer como parte integrante da formação humana e da vida social, quer como uma componente essencial na formação musical especializada.

    Cantar Mais

    Cantar Mais – Mundos com voz é um projeto da Associação Portuguesa de Educação Musical (APEM) que assenta na disponibilização de um repertório diversificado de canções (tradicionais portuguesas, de música antiga, de países de língua oficial portuguesa, de autor, do mundo, fado, cante e teatro musical/ciclo de canções) com arranjos e orquestrações originais apoiadas por recursos pedagógicos multimédia e tutoriais de formação.

    Saiba mais em:
    http://www.cantarmais.pt/pt

    Newsletter da APEM

    Caros sócios, A APEMNewsletter de março acaba de ser publicada e encontra-se disponível para visualização no site da APEM.
    Clique na imagem em cima para ter acesso à mesma.

    Apoios:

     República Portuguesa
    Fundação Calouste Gulbenkian

    Contactos:

    apem associação portuguesa de educação musical

    Praça António Baião 5B Loja
    1500 – 712 Benfica - Lisboa

      21 778 06 29

      932 142 122

     Envie-nos um email


    ©  Associação Portuguesa de Educação Musical

    ©  Associação Portuguesa de Educação Musical