Esta oficina apresenta os princípios do método de pedagogia musical Willems, que visam desenvolver a musicalidade da criança em todos os seus aspetos: físicos, emocionais e intelectuais. Para além de apresentar a preparação pre-instrumental da criança, também vai proporcionar ferramentas e exercícios que podem aplicar-se à iniciação do instrumento. Por um lado agilizar a leitura musical, mas também experimentar um leque de atividades musicais independentes da leitura, como tocar de ouvido e a improvisação.

Os princípios Willems na Iniciação Musical

Princípios Willems da Iniciação Musical

ESGOTADO

Ação de formação de curta duração certificada pelo CFAPEM

6h

Formadores:

Carme Mampel Juncadella, Luiza da Gama Santos e Manuela Gouveia

Destinatários:

Professores dos Grupos 100, 110, 250, 610 e todos os grupos M

Datas:

2 de janeiro de 2023

Horário:
  • Segunda-feira - 2 de janeiro das 10h às 13h e das 14h30 às 17h30
Valor da Inscrição:

Sócios da APEM1 - 15 €

Não Sócios2 - 30€

1Os sócios com as quotas em dia, para beneficiarem do desconto de sócio, devem fazer o login no site da APEM.
2Torne-se sócio e obtenha um desconto de 50% ao inscrever-se nesta formação. Clique aqui para saber mais.
Número máximo de participantes: 25
Local:

Academia de Música de Alcobaça (AMA) | Rua Frei António Brandão, 50/52 - 2460-047 Alcobaça - Mais informações: https://www.academiamalcobaca.com/pt/contactos

Sinopse:

Esta oficina apresenta os princípios do método de pedagogia musical Willems, que visam desenvolver a musicalidade da criança em todos os seus aspetos: físicos, emocionais e intelectuais. Para além de apresentar a preparação pre-instrumental da criança, também vai proporcionar ferramentas e exercícios que podem aplicar-se à iniciação do instrumento. Por um lado agilizar a leitura musical, mas também experimentar um leque de atividades musicais independentes da leitura, como tocar de ouvido e a improvisação.

Participação:

Este curso é composto por uma ação de formação de curta duração de 6h. Será emitido um certificado de participação individual, mediante preenchimento de questionário final.

Manuela Gouveia

Manuela Gouveia

Manuela Gouveia nasceu no Porto. Desde muito cedo, manifesta grande talento para a música. Aos cinco anos de idade, dá o seu primeiro recital de piano e começa a estudar com Helena de Sá e Costa. Aos 12, apresenta-se pela primeira vez com orquestra. Na classe desta eminente professora e pianista portuguesa obtém aos 18 anos de idade, no Conservatório de Música do Porto, o diploma superior de piano com a mais alta classificação.

Depois, frequenta a classe de virtuosidade do Prof. Conrad Hansen na Staatliche Hochschule für Musik de Hamburgo, onde obtém o diploma final com a máxima distinção. Ao longo da sua formação estuda também na Áustria, Reino Unido, Itália e Alemanha com Jörg Demus, Alfred Brendel, Paul Badura-Skoda, Vlado Perlemuter, Karl Engel e Wilhelm Kempff.

Recebe numerosos prémios e distinções em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente no Concurso Internacional de Palma de Maiorca, Concurso Luso-Brasileiro (Portugal) e os prémios "Guilhermina Suggia" (Lisboa) e "Orquestra Sinfónica do Porto".

Apresentou-se com várias orquestras e maestros europeus como Silva Pereira, Manuel Ivo Cruz, Álvaro Cassuto, Gunther Arglebe, A. Salazar, Ferreira Lobo, Marcel Dautremer, Henri Arends, E. van Remmortel, Nicholas Harsanyi, Ulysse Waterlot e Rudolf Baumgartner.

As suas numerosas actuações, tanto a solo como com orquestra e agrupamentos de câmara com músicos de renome internacional, são aclamadas pela crítica e em grande parte transmitidas pela rádio e televisão. No seu vasto repertório, que abrange obras do período barroco ao contemporâneo, têm lugar de destaque as obras de compositores portugueses, à divulgação das quais se tem dedicado especialmente. Alguns dos seus CDs, com obras destes compositores, são primeiras edições mundiais.

É especialmente apreciada pelas suas masterclasses e convidada regularmente para participar em Festivais Internacionais. Na sua atividade pedagógica dedica especial atenção à interpretação de Bach, Mozart e Beethoven cujas obras teve o privilégio de trabalhar com Helena de Sá e Costa, Wilhelm Kempff e Paul Badura-Skoda.

Em 1993, foi agraciada com a Medalha de Mérito da República Portuguesa pela sua representação de Portugal no estrangeiro. Desde 1996, é membro fundador e presidente da Associação de Cursos Internacionais (ACIM) de Óbidos.

Leccionou no Conservatório de Música e na Escola Superior de Música do Porto e no Conservatório de Música de Bonn (Alemanha). Até 2011, foi professora na Escola Superior de Música da Catalunha, em Barcelona (Espanha), cidade onde continua a dar Master Classes regularmente.


Luíza da Gama Santos

Luíza da Gama Santos

Luiza da Gama Santos nasceu nas Caldas da Raínha onde iniciou, com seis anos de idade, os seus estudos com Adelaide Pereira, discípula de Vianna da Motta. Completou o Curso Superior de Piano do Conservatório de Lisboa na classe do Professor Campos Coelho.

Durante a sua vida dedicada intensamente ao ensino − possui o Diploma de Educação e Didáctica Musical Método Edgar Willems ─ exerceu funções docentes em Lisboa na Escola Beiral, na Academia de Amadores de Música e, por último, no Instituto Gregoriano de Lisboa. No âmbito das suas responsabilidades no seio da Fédération Internationale Willems, representou Portugal em congressos e estágios internacionais em França, Alemanha, Suíça e Itália.

Formou com João Pinheiro a equipa responsável pelos "Momentos Musicais", uma actividade do Acarte (Fundação Calouste Gulbenkian) destinada a crianças.

Integrou a Direcção da Associação Portuguesa de Educação Musical (APEM).

Com Ignez Mazoni publicou o livro de canções inéditas "Cantigas para crianças" (Editora Portugalmundo) e colaborou com Ana Maria Ferrão e Paulo Ferreira Rodrigues no livro "Sementes de Música"(Fundação Gulbenkian, Editora Caminho).

Quanto à vertente pianística, trabalhou sob a orientação de Helena Moreira de Sá e Costa, o que lhe permitiu aumentar e aprofundar o reportório pianístico.

Frequentou masterclasses de Música de Câmara com Tibor Varga e beneficiou dos conselhos de Maria Christina Lino Pimentel, Nuno Vieira de Almeida, Désiré N'Kaoua e Dominique Merlet (França).

Nos anos 80 colaborou intensamente com o flautista Carlos Franco (Goethe Institut, Sociedade Portuguesa de Autores, Centro Cultural de S. Lourenço, recital no programa Adagio RTP, etc).

Actualmente colabora regularmente com o barítono Armando Possante, nomeadamente em recitais realizados para a Antena 2, nos festivais da Póvoa do Varzim, Música no Verão (Esposende), Eborae Musica, S. Roque e ainda na "Semana Internacional do Piano de Óbidos".


Carme Mampel Juncadella

Carme Mampel Juncadella

Carme Mampel Juncadella, cravista, organettista e professora de Tecnica Alexander, nasceu em Sabadell (Barcelona). Também é professora de formação musical e acompanhamento, e obteve o Diploma de Pedagogia Musical Willems em Paris, onde ensinou 10 anos na École d'Education Musical Willems. Também fez parte do Coeur de Maîtrise de Notre – Dame sob a direção de Nicole Corty-Lyant. Actuou como pianista acompanhadora em recitais de música espanhola e dança em Paris, e trabalhou como professora de música, acompanhadora e maestrina em Málaga (Espanha) e São Paulo (Brasil). Além da música, estudou Filosofia na Universidade de Barcelona e é mestre em Psicoterapia pela Universidade de Sheffield.

Mora em Portugal desde 2012 onde estudou cravo com Ana Mafalda Castro e Elisabet Joyé na Escola Superior de Música de Lisboa e organetto medieval com Cristina Alis e Guillermo Perez. Dirigiu o Coro Internacional de Aljezur desde 2015 até 2019. É membro do ensemble de música medieval "Na Rota do Peregrino" desde a sua fundação em 2016, com quem atua por todo o país, especialmente nos Encontros de Música Medieval de Ponte de Lima e nos Dias das Virgens Negras no Algarve, eventos anuais organizados pela associação cultural "O Corvo e a Raposa", que também dirige. Atualmente é professora de música e acompanhadora na formação de professores Waldorf e euritmistas em Portugal e é doutoranda em Ciências Musicais na Universidade Nova de Lisboa com uma pesquisa sob os efeitos da Técnica Alexander em músicos.

Olá, torne-se sócio APEM aqui para poder beneficiar de um desconto de 50% nesta formação. Caso seja sócio APEM, faça login para ter acesso ao desconto.

Informações:
apem associação portuguesa de educação musical

Praça António Baião 5B Loja
1500 – 712 Benfica - Lisboa

  21 778 06 29

  932 142 122

 Envie-nos um email


A APEM

A Associação Portuguesa de Educação Musical, APEM, é uma associação de caráter cultural e profissional, sem fins lucrativos e com estatuto de utilidade pública, que tem por objetivo o desenvolvimento e aperfeiçoamento da educação musical, quer como parte integrante da formação humana e da vida social, quer como uma componente essencial na formação musical especializada.

A APEM é filiada na ISME - Internacional Society for Music Education como INA - ISME National Affiliate

Cantar Mais

Cantar Mais – Mundos com voz é um projeto da Associação Portuguesa de Educação Musical (APEM) que assenta na disponibilização de um repertório diversificado de canções (tradicionais portuguesas, de música antiga, de países de língua oficial portuguesa, de autor, do mundo, fado, cante e teatro musical/ciclo de canções) com arranjos e orquestrações originais apoiadas por recursos pedagógicos multimédia e tutoriais de formação.

Saiba mais em:
http://www.cantarmais.pt/pt

Newsletter da APEM

Caros sócios, A APEMNewsletter de janeiro acaba de ser publicada e encontra-se disponível para visualização no site da APEM.
Clique na imagem em cima para ter acesso à mesma.

Apoios:

 República Portuguesa
Fundação Calouste Gulbenkian

Contactos:

apem associação portuguesa de educação musical

Praça António Baião 5B Loja
1500 – 712 Benfica - Lisboa

  21 778 06 29

  932 142 122

 Envie-nos um email


©  Associação Portuguesa de Educação Musical

©  Associação Portuguesa de Educação Musical