Laboratório lúdico-musical para o desenvolvimento individual e coletivo da criatividade, espontaneidade e cognição, através da utilização e criação de jogos musicais. Assente em princípios pedagógicos e sociais diferenciadores, o Ginásio Musical pretende contribuir para desenvolver novas práticas e aprendizagens que podem reinventar o ensino da música.

Ginásio Musical

Ginásio Musical

ESGOTADO

Ação de formação de curta duração*

6h | Certificada pelo Centro de Formação da APEM

por

Bitocas Fernandes

Destinatários:

Professores dos grupos 100, 110, 150, 250 e 610, todos os grupos M e todos os interessados.

Data:

4 de novembro de 2023

Horário:

10h às 13h e das 14h30 às 17h30

Valor da Inscrição:
  • Sócios da APEM - 15€
  • Outros - 30€
Local:
  • Sonoscopia | R. de Silva Porto 217, 4250-469 Porto

*Ação de formação de curta duração certificada e reconhecida pelo CFAPEM nos termos do disposto na alínea d) do ponto 1 do artigo 6º, no ponto 2 do artigo 7º e no ponto 2 do artigo 19º do Decreto-Lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro e do Despacho e do Despacho no 5741/2015 de 29 de Maio, retificado pela Declaração de Retificação no 470/2015 de 11 de Junho


Laboratório lúdico-musical para o desenvolvimento individual e coletivo da criatividade, espontaneidade e cognição, através da utilização e criação de jogos musicais. Assente em princípios pedagógicos e sociais diferenciadores, o Ginásio Musical pretende contribuir para desenvolver novas práticas e aprendizagens que podem reinventar o ensino da música.


Objetivos

Na criatividade:

  • Proporcionar novas ferramentas criativas e lúdicas.
  • Fantasiar, simular e descobrir no coletivo.
  • Conhecer mais sobre a relação entre música, improvisação e jogo.

Na terapia:

  • Gerar apetências para uma prática musical informal e descontraída.
  • Usar contextos lúdicos para desmontar bloqueios.
  • Promover o encontro com o estranho e o inesperado.
  • Aproveitar a música como um meio para a interação e socialização.

Na cultura, na didáctica e na cidadania:

  • Relacionar a música com todas as áreas de conhecimento.
  • Eliminar pré-conceitos e abrir caminhos para novos paradigmas.
  • Reutilizar materiais, aproveitando os recursos disponíveis.

Conteúdos

Música

  • Música enquanto arte exploratória
  • Improvisação e jogos performativos
  • Estratégia musical, música e ludicidade
  • Jogos enquanto partituras vivas e dinâmicas
  • Parâmetros sonoros e musicais
  • Ritmo, Harmonia e sincronicidade

Diversidade

  • Jogos, diversidade e simulação de mundos,
  • Ordem e caos
  • Exercícios, joguetes, jogos e rituais lúdicos
  • Recursos sonoros expandidos

Criatividade

  • Transdisciplinar e Multidisciplinar
  • Axiomas, representação simbólica e semântica
  • A exploração e a criatividade
  • Imaginação e inventividade
  • Pensamento, comunicação, movimento e descoberta
  • Provocadores lúdicos
  • Liberdade e disponibilidade

Natureza

  • Competição e colaboração
  • Super poderes naturais, a natureza do ser humano e ludicidade
  • Jogo, autonomia e autopoiesis
  • Os sentidos, os poderes de reação e flexibilidade
  • Regras, lógica e aleatoriedade

Inclusão

  • Níveis de aprendizagem e interação multinível
  • Música com tudo o que vem à mão e ao pensamento
  • Terra de todos - trautear, rabiscar, gingar e maquetar
  • Erros, distrações e preconceitos vários
  • Memória e esquecimento

Interação

  • Jogar e brincar no coletivo
  • Comunicação subjetiva e linguagens inventadas
  • Relações intra e interpessoais
  • Adaptação a novos contextos e atualização dos mesmos
  • Avatares, interação e mudança de papéis.
  • Nós e os outros como partes de um sistema social
  • Cidadania musical

Metodologia

A formação será dividida em 4 blocos de aproximadamente 1h30m cada, dois blocos de manhã e dois blocos de tarde.

De manhã:

Bloco 1: Jogos de quebra-gelo e abordagem lúdica ao conceito de jogo performativo sem materiais.

Bloco 2: Jogos com peças dinâmicas e expandidas.

De tarde:

Bloco 3: Mixer 3.0 e a tecnologia áudio sem eletrónica

Bloco 4: Fábrica de jogos - Criação lúdica em equipas, com aceleradores de criatividade.


Todas as práticas são desenvolvidas com recurso a jogos performativos em contexto de laboratório e os conteúdos teóricos vão surgindo em pequenos debates entre jogos.

Bibliografia

  • Hermann Hesse (1989), O jogo das contas de vidro, Publicações Dom Quixote
  • Carlos D. Fregtman (1996), Música transpessoal, Editora Pensamento-Cultrix
  • Murray Schafer (1991), O ouvido pensante, Fundação Editora da UNESP
  • Johan Huizinga(1971), Homo Ludens, Editora perspectiva
  • Bitocas Fernandes, https://bitocasfernandes.wordpress.com/
Bitocas Fernandes

Bitocas Fernandes

Facilitador criativo, artista plástico, performer e pedagogo. Nasceu em 1968, numa família de músicos. Estudou no Conservatório de Música de Aveiro e na Escola Profissional de Música de Espinho mas, foi de forma autodidata que desenvolveu as suas pesquisas pedagógico-musicais. Os seus métodos muito pessoais encontram-­se espelhados no projecto O Jogo Aberto que envolve design de jogos, laboratórios temáticos e eventos interativos, gerando contextos para uma prática musical mais criativa através do lúdico. Co-fundou com seus irmãos a d'Orfeu ­- Associação Cultural, coordenou o AparqA! - Centro Criativo da Alta Vila (2008-2011), atualmente, é membro fundador da Glocalmusic, cooperativa para o desenvolvimento da música criativa e colabora regularmente com várias instituições promovendo iniciativas que misturam arte, ludicidade e interação.

Olá, torne-se sócio APEM aqui para poder beneficiar de um desconto de 50% nesta formação. Caso seja sócio APEM, faça login para ter acesso ao desconto.


Informações:
apem associação portuguesa de educação musical

Praça António Baião 5B Loja
1500 – 712 Benfica - Lisboa

  21 778 06 29

  932 142 122

 Envie-nos um email

A APEM

A Associação Portuguesa de Educação Musical, APEM, é uma associação de caráter cultural e profissional, sem fins lucrativos e com estatuto de utilidade pública, que tem por objetivo o desenvolvimento e aperfeiçoamento da educação musical, quer como parte integrante da formação humana e da vida social, quer como uma componente essencial na formação musical especializada.

Cantar Mais

Cantar Mais – Mundos com voz é um projeto da Associação Portuguesa de Educação Musical (APEM) que assenta na disponibilização de um repertório diversificado de canções (tradicionais portuguesas, de música antiga, de países de língua oficial portuguesa, de autor, do mundo, fado, cante e teatro musical/ciclo de canções) com arranjos e orquestrações originais apoiadas por recursos pedagógicos multimédia e tutoriais de formação.

Saiba mais em:
http://www.cantarmais.pt/pt

Newsletter da APEM

Caros sócios, A APEMNewsletter de fevereiro acaba de ser publicada e encontra-se disponível para visualização no site da APEM.
Clique na imagem em cima para ter acesso à mesma.

Apoios:

 República Portuguesa
Fundação Calouste Gulbenkian

Contactos:

apem associação portuguesa de educação musical

Praça António Baião 5B Loja
1500 – 712 Benfica - Lisboa

  21 778 06 29

  932 142 122

 Envie-nos um email


©  Associação Portuguesa de Educação Musical

©  Associação Portuguesa de Educação Musical