A ação de formação "Psicologia da Performance" tem como objetivo disponibilizar recursos que permitam aos docentes e, inerentemente, aos discentes lidar com as dificuldades próprias do ensino e aprendizagem da música e com os momentos de performance.

Psicologia da performance

Estratégias na gestão da ansiedade e das emoções

Psicologia da performance

ESGOTADO

Ação de formação Creditada

12.5h | Registo: CCPFC/ACC-111545/21

formador

Carlos Damas

Destinatários:

Professores dos Grupos M01 a M27, M32, M37 e M38

Datas:

9 de janeiro a 13 de fevereiro de 2023

Valor da Inscrição:

Sócios da APEM1 - 30 €

Não Sócios2 - 60€

1Os sócios com as quotas em dia, para beneficiarem do desconto de sócio, devem fazer o login no site da APEM.
2Torne-se sócio e obtenha um desconto de 50% ao inscrever-se nesta formação. Clique aqui para saber mais.
Número máximo de participantes: 15
Modalidade:

A formação decorre maioritariamente em sessões assíncronas, de modo a que os formandos possam gerir o tempo na realização das atividades propostas, devendo apenas respeitar as datas limite.

Existirão quatro sessões síncronas cujo calendário é o seguinte:

  • 12 de janeiro | quinta-feira | 19h00 às 20h00
  • 19 de janeiro | quinta-feira | 19h00 às 20h00
  • 26 de janeiro | quinta-feira | 19h00 às 20h00
  • 2 de fevereiro | quinta-feira | 19h00 às 20h00
Requisitos mínimos
  • Computador com um mínimo de 2 GB RAM/2 GHz no sistema operativo MAC OS X 10.7 ou posterior, Windows 7 ou posterior ou a última versão GNU/LINUX;
  • Auscultadores, câmara e microfone;
  • Ligação à internet.

Sinopse:

A ação de formação "Psicologia da Performance" tem como objetivo disponibilizar recursos que permitam aos docentes e, inerentemente, aos discentes lidar com as dificuldades próprias do ensino e aprendizagem da música e com os momentos de performance.

O tão temido medo do palco, ou o medo de falhar, é um dos principais problemas que afeta os músicos. É essencial ter conhecimento tanto do problema como das formas de viver com ele. Importa abordar temas como a cognição, a emoção, a autoeficácia, a ansiedade. Como complemento à componente teórica, serão organizadas sessões práticas, individuais ou em conjunto, de ajuda para lidar com os problemas referidos.

Objetivos a atingir:

  • Compreender os conceitos de cognição, emoção, autoeficácia, motivação, ansiedade e eficácia.
  • Reconhecer a importância da motivação emocional no estudo e prática instrumental.
  • Reconhecer a importância da preparação para a performance.
  • Conhecer os problemas emocionais derivados da performance musical.
  • Identificar as formas de manifestação da ansiedade.
  • Gerir e ultrapassar problemas ansiógenos, emocionais, cognitivos, relativos à performance musical, ensino e aprendizagem.

Conteúdos:

Módulo 0: Apresentação e ambientação

Módulo 1: A ansiedade da performance musical

Módulo 2: A emoção e a motivação na vida dos performers

Módulo 3: Recursos para lidar com os problemas cognitivos e fisiológicos derivados da ansiedade relativa à performance musical

Módulo 4: A auto-confiança - teoria de Albert Bandura

Metodologias de realização da ação:

A presente ação é realizada em regime de ensino e aprendizagem à distância baseada em sessões assíncronas e síncronas.

A formação será distribuida através do LMS Moodle do Centro de Formação da APEM de acordo com o modelo pedagógico de ensino a distância da APEM.

A ação desenvolve-se em 4 módulos que contêm atividades formativas diversas e vários recursos. As sessões síncronas realizar-se-ão com recurso a videoconferências, com conteúdos teórico/práticos, com esclarecimento de dúvidas e momentos de reflexão.

Regime de avaliação dos formandos:

  • Participação nas atividades e realização das tarefas propostas;
  • Reflexão crítica.
Na avaliação dos/as formandos/as será dado cumprimento às determinações legais, nomeadamente os nºs 1 a 4 e 7 a 9 do artigo 4º do Despacho nº 4595/2015 do Secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar, publicado no Diário da República, 2ª Série, Nº 87, de 6 de maio, e ao Regulamento para acreditação e creditação de ações de formação contínua, de 9 de maio de 2016, do CCPFC.

A avaliação é formalizada numa escala de 1 a 10 com a menção qualitativa de:

  • 1 a 4,9 valores – Insuficiente
  • 5 a 6,4 valores – Regular
  • 6,5 a 7,9 valores – Bom
  • 8 a 8,9 valores – Muito Bom
  • 9 a 10 valores – Excelente

Bibliografia fundamental

  • Alexander, F. M. (1923). Constructive Conscious Control of the Individual. London, UK: Chaterson Ltd.
  • Bandura, A. (1988). Self-regulation of motivation and action through goal systems. In V, Hamilton, G. H. Bower, & N. H. Frijda (Eds.), Cognitive perspectives on emotion and motivation (pp. 37-61). Dordrecht, The Netherlands: Kluwer Academic Publishers.
  • Bandura, A. (1997). Self- Efficacy. The Exercise of Control. New York: Worth Publishers.
  • Ellis, A. (2000). How to Control Your Anxiety Before It Controls You. N.Y.: Citadel Press.
  • Kenny, D. T. (2011). The Psychology of Music Performance Anxiety (1st ed.). New York: Oxford University Press.
Carlos Damas

Carlos Damas

Notável violinista português com uma brilhante carreira internacional, foi considerado pelas revistas Gramophone e The Strad como um dos melhores intérpretes das obras de Fritz Kreisler. Estudou em Paris com Jacqueline Lefèvre e com o mestre Ivry Gitlis.

Durante os anos em que aí viveu encontrou-se regularmente com Yehudi Menhuin, que o orientou no plano artístico e violinístico. Na Áustria, Viena, foi orientado por Dora Shwarzberg. Foi convidado pela UNESCO a promover a multiculturalidade através da música. Participou como solista, com a Orquestra Nacional Checa, no concerto comemorativo dos 70 anos dessa instituição. Paralelamente à carreira concertística, realizou um Mestrado em Artes Musicais e um Doutoramento em Psicologia e Ensino da Música. É Professor Auxiliar convidado da Universidade de Évora.

Olá, torne-se sócio APEM aqui para poder beneficiar de um desconto de 50% nesta formação. Caso seja sócio APEM, faça login para ter acesso ao desconto.

Informações:
apem associação portuguesa de educação musical

Praça António Baião 5B Loja
1500 – 712 Benfica - Lisboa

  21 778 06 29

  932 142 122

 Envie-nos um email


A APEM

A Associação Portuguesa de Educação Musical, APEM, é uma associação de caráter cultural e profissional, sem fins lucrativos e com estatuto de utilidade pública, que tem por objetivo o desenvolvimento e aperfeiçoamento da educação musical, quer como parte integrante da formação humana e da vida social, quer como uma componente essencial na formação musical especializada.

A APEM é filiada na ISME - Internacional Society for Music Education como INA - ISME National Affiliate

Cantar Mais

Cantar Mais – Mundos com voz é um projeto da Associação Portuguesa de Educação Musical (APEM) que assenta na disponibilização de um repertório diversificado de canções (tradicionais portuguesas, de música antiga, de países de língua oficial portuguesa, de autor, do mundo, fado, cante e teatro musical/ciclo de canções) com arranjos e orquestrações originais apoiadas por recursos pedagógicos multimédia e tutoriais de formação.

Saiba mais em:
http://www.cantarmais.pt/pt

Newsletter da APEM

Caros sócios, A APEMNewsletter de outubro/novembro acaba de ser publicada e encontra-se disponível para visualização no site da APEM.
Clique na imagem em cima para ter acesso à mesma.

Apoios:

 República Portuguesa
Fundação Calouste Gulbenkian

Contactos:

apem associação portuguesa de educação musical

Praça António Baião 5B Loja
1500 – 712 Benfica - Lisboa

  21 778 06 29

  932 142 122

 Envie-nos um email


©  Associação Portuguesa de Educação Musical

©  Associação Portuguesa de Educação Musical